quinta-feira, 7 de novembro de 2013

A velha cama de ferro pintada de verde....

A vida é uma grande aventura.Todos os dias novas emoções, sentimentos, lágrimas e o mais importante novas oportunidades.
Quando menos esperava o destinou trouxe-me de volta a minha terra natal e aqui estou sem  prepração prévia. Sinto-me como se tivesse numa corda bamba e ainda estou aprender a equilibrar...

Esta semana estou em casa da minha "segunda mae", pois sentia falta dos mimos de uma mãe e por absurdo que pareça estes dias tenho dormido na ex cama da minha mae de adolescente, disse me ontem a minha tia, depois de contar-lhe uns mini problemas que tive com umas "amigas".
Parece estranho mas ali nessa cama sinto-me protegida, sinto-me salva, sinto-me em casa... Nada melhor do que estar rodeada dos nossos.
A minha tia disse que quando a minha mae foi para Lisboa há 22 anos atras disse-lhe para ela ficar com tudo que era dela da antiga casa dos meus pais. E ate hoje só sobreviveu uma velha cama de metal que todos os anos é pintada de verde.

Ontem estava muio triste, alias triste é pouco bastante magoada com a capacidade das pessoas destrocerem as nossas palavras e actos e fazerem com que os olhos dos outros passemos por mentirosos.
Mas depois de explicar o sucedido a minha segunda mãe, fui para o quarto e deitei na velha cama e dei conta que era ali que dormia nos braços da minha mãe quando ainda era recém nascida; era ali que ela pensava como seria se fossemos para lisboa; era ali que ela chora de saudades do marido que estava estava do outro lado do oceano; era ali que fazia as suas orações para que Deus me protege-se: era ali que ela ria e confidenciava a sua melhor amiga (minha segunda mãe) os seus sonhos e desejos.... Ali naquela simples cama de ferro pintada de verde a minha super mãe transmitiu mais uma das suas inúmeras lições o quão importante é amizade.

Não me refiro amizade do facebook, dos comes e bebes, por conviniencia; mas sim amizade verdadeira aquela que sobrevive 30 anos e nunca surge uma pinga de inveja, falsidade e ainda é capaz de guardar uma velha cama da amiga, como e fosse o maior tesouro da sua vida.

Nos dias de hoje é preciso saber selecionar bem as pessoas que vão viver e partilhar os nossos sonhos e desejos connosco. Porque nem tudo que brilha é ouro. Nem todos que saem, riem contigo são amigos. As pessoas fingem bem, pois a inveja nem sempre vive longe. Por isso mãe entendi a tua mensagem, lição de 2013, cercar-me apenas essencial.
  
Já que estou num pais novo, então vida nova. E que cada obstáculo que surja nesta minha nova jornada seja uma nova oportunidade de melhorar a minha vida.

Reacções: